Nota: POSICIONAMENTO SOBRE O PARCELAMENTO DOS SALÁRIOS DO FUNCIONALISMO ESTADUAL

31 jul 2015

O Sindilojas Região Centro provocou uma reunião de emergência com as entidades CACISM, Secovi Centro Gaúcho, Ahturr, CDL Santa Maria, Royal Plaza Shopping, Sindigêneros e Sindicato dos Comerciários, com o intuito de discutir as repercussões do parcelamento dos salários dos funcionários públicos estaduais e a possibilidade de paralisação da segurança pública do Estado.

 

Diante da crise instalada, as Entidades se solidarizam com o funcionalismo Estadual e sugerem à população e aos empresários que tenham compreensão e bom senso com as pessoas atingidas pelo parcelamento, o qual trará dificuldades às suas famílias. Sendo que, o fracionamento dos salários dos servidores compromete todos os setores econômicos, inclusive reduz de forma direta a arrecadação dos impostos. Importante ressaltar, que quanto mais os setores produtivos se manterem fechados, mais comprometerá a instabilidade do emprego e consequentemente da economia, prejudicando o desenvolvimento local e regional.

 

Neste momento de dificuldade financeira do Estado e problemas de pagamentos dos salários, é compreensível a situação e as Entidades repudiam a atitude do governo Estadual em punir com parcelamento os salários somente dos funcionários públicos que prestam serviços para a sociedade. Dessa forma, as Entidades consideram justo o protesto e as reivindicações dos atingidos pelo parcelamento, porém rejeita o aproveitamento político partidário e as tentativas de criar instabilidade através de ameaças, boicotes e greves.